7 de dez de 2007

Sou apenas... uma incógnita!

Incógnita!

Quem sou?
Por onde passo?
O que faço?
Vejo as pessoas ao meu redor, apenas!
Mas... ninguém me vê!
Sou uma incógnita que perambula,
pela vida, sem ser percebida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário