1 de ago de 2007

Tempestade...

Tempestade...

Dizem que após a tempestade,
vem a bonança! Será?
Sou mais da opinião que após a tempestade,
vem mesmo é um furacão, isso sim!
Por mais que estejamos atentos,
somos surpreendidos com situações,
por vezes, até inesperadas e desesperadoras.
Sentimo-nos sem ação, impotentes
e até mesmo, frágeis!
Um misto de revolta e resignação,
invade nosso ser, deixando à mostra
a verdade (nua e crua), que tomou
conta de nossa alma!
Gostaríamos de esboçar uma reação,
mas estamos estáticos e estupefados!
Tornamo-nos apenas uma marionete,
já petrificada, e sem qualquer
outra forma de emoções!
Apenas o vento que uiva
ao nosso redor, parece transmitir
um sinal de vida no universo, ainda!
Até quando, iremos aguentar?
Por quanto tempo, permaneceremos assim?
Perguntas sem respostas,
que nem o amanhã saberá responder!

Guerreira
01/08/07

Nenhum comentário:

Postar um comentário