26 de jul de 2007

Sempre... para sempre!

Sempre... para sempre!

Você sempre será a canção,
que de dentro da alma, eu compor.
Sempre será a música,
que sairá dos meus lábios.

Sempre será a inspiração única,
traduzida em cada poema...
Resultado da sensibilidade pura e natural,
irradiada de seus olhos...

Sempre perceberá no meu rosto,
a causa de cada sorriso...
Resultado apenas da alegria,
de saber de você...

Sempre saberá que será por você,
a lágrima que escorrer dos meus olhos...
Sempre sentirá no meu silencio,
A tristeza da distância...

Sempre existirá dentro de minha alma,
um local guardado à sete chaves...
Onde o amor e a paixão,
estarão sempre lado a lado...

Frente à frente...
Companheiros e amantes...
Talvez cúmplices, até...
Mas... sempre de mãos dadas...

Esperando o momento certo...
Pelo tempo que preciso for,
até pela eternidade...

Para dizer aos quatro ventos,
Que você nasceu para mim
e eu nasci para você...

Pois, seu nome sempre estará
escrito antes do "Eu te Amo"...

Dentro de mim...
Esteja você onde estiver...

Guerreira
07/08/2001

Nenhum comentário:

Postar um comentário